Notícias / Região

Fiscalização encontra cachorra agonizando e moradora de Presidente Prudente leva multa de R$ 3 mil por maus-tratos a animal doméstico

Após receber uma denúncia, a Polícia Militar Ambiental compareceu neste sábado (7) à residência, no Jardim Santa Mônica, e apreendeu a cadela.

G1 Prudente

Uma mulher, de 48 anos, moradora do Jardim Santa Mônica, em Presidente Prudente (SP), levou uma multa de R$ 3 mil neste sábado (7) por maus-tratos a uma cachorra. A Polícia Militar Ambiental compareceu ao local após uma denúncia e teve autorização da moradora para fiscalizar o imóvel. Na garagem da casa, os policiais constataram que estava agonizando uma cadela sem raça definida. Segundo a polícia, a cachorra estava deitada enrolada em um pano. Ainda conforme a corporação, o local estava muito sujo e com fezes, uma demonstração de que não passava por limpeza. A moradora disse aos policiais que o animal tinha começado a passar mal havia alguns dias. Além disso, a mulher confessou que não havia procurado um médico veterinário nem dado qualquer medicação à cadela. A mulher recebeu um auto de infração ambiental no valor de R$ 3 mil por maus-tratos a animal doméstico. Já a cadela foi apreendida e levada ao Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) de Presidente Prudente, onde recebeu cuidados médicos veterinários. Assim que estiver recuperada, a cachorra será encaminhada para a adoção.
 
Nenhum comentário até o momento, seja o primeiro a comentar!
Dê sua opinião

 

 

 

 
 
 
Copyright © 2011 Rádio Osvaldo Cruz - Todos os direitos reservados