Notícias / Política

Salmourão: pré-candidato a Prefeito, Zé Luis, aparece em lista do T.C.U. dos gestores que tiveram contas irregulares

TSE informou que juiz analisa lista do TCU antes de validar candidaturas

Ocnet

O pré-candidato a Prefeito de Salmourão, José Luis Rocha Peres (PP), é o único político entre os pretendentes a cargos do Poder Executivo de cidades da região de Osvaldo Cruz a aparecerem na lista de 7.354 gestores, que tiveram contas julgadas irregulares. Em tese o político pode ser declarado inelegível este ano. O Tribunal de Contas da União (TCU) encaminha todo ano eleitoral ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ao Ministério Público Eleitoral (MPE) a lista dos políticos com contas julgadas irregulares nos oito anos anteriores. É o que prevê a Lei da Ficha Limpa. A partir de agora a relação será enviada aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), a quem cabe julgar os pedidos de registro de candidaturas para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador nas Eleições Municipais de 2020. Ter o nome na lista do TCU, por si só, não torna o pré-candidato inelegível. Isto cabe à Justiça Eleitoral declará-lo ou não. No entanto, as informações poderão instruir eventuais pedidos de impugnação das candidaturas, porque a Lei de Inelegibilidades (Lei Complementar nº 64/1990) declara inelegíveis pessoas que tiverem “suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário”. O caso de Zé Luiz se refere a verba de Canoagem O que fez o ex-Prefeito e atual pré-candidato, José Luiz Rocha Perez, aparecer na lista do TCU é uma verba de convênio federal de 2011 e enviada para a realização da Canoagem daquele ano. O advogado do ex-Prefeito, Fábio Bannwart, disse que o valor referente à verba considerada irregular foi devolvida à União. "O Ministério Público Federal ingressou com ação de improbidade administrativa, mas o processo ainda está em primeira instância. Ter o nome na lista é algo novo e que vamos verificar. Mas não houve dolo e nem vício insanável no caso e que possa tornar José Luis inelegível", disse. Contas irregulares A listagem contempla todos os gestores que tiveram suas contas julgadas irregulares, com trânsito em julgado nos últimos oito anos, isto é, a partir de 15 de novembro de 2012. A inclusão de nomes é dinâmica e será atualizada diariamente até o último dia do ano.
 
Nenhum comentário até o momento, seja o primeiro a comentar!
Dê sua opinião

 

 

 

 
 
 
Copyright © 2011 Rádio Osvaldo Cruz - Todos os direitos reservados