Top 5 Califórnia

1
luan santana Dia Lugar e Hora
2
Thiaguinho Fotos Antigas
3
Naiara Azevedo A Ex Do Seu Atual
4
Michel Teló O Mar Parou
5
Wesley Safadão Meu Coração Deu PT
 
Peça sua Música

 
 

Notícias / Esportes

Salários, direitos e concorrência: o que o Timão terá de fazer para segurar Pablo

Zagueiro exige que Corinthians primeiro acerte contrato com ele e só depois avance em tratativas com o Bordeaux

Globo Esporte

Pablo em chegada do Timão à arena (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

Pablo em chegada do Timão à arena (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

CORINTHIANS - O Corinthians tem pela frente uma corrida com obstáculos para garantir a compra do zagueiro Pablo. Embora discuta o assunto desde o início do ano, o clube deve avançar nas negociações somente a partir da próxima semana, quando o gerente de futebol Alessandro Nunes voltará ao trabalho após alguns dias de recesso. O primeiro passo será discutir as condições contratuais. O atleta exige que o Timão se acerte com ele para só depois tratar com o Bordeaux, da França, dono dos direitos econômicos. Pablo e seu representante temem que o Corinthians use um eventual acordo com os franceses para pressioná-lo a assinar um novo contrato com duração e valores que podem não ser considerados ideias. O zagueiro, porém, prioriza a permanência no Timão e avisou a diretoria alvinegra que não ouvirá outras propostas enquanto não esgotar as possibilidades de ficar. Se fechar com o defensor, o Timão partirá para o segundo passo: a negociação com o Bordeaux. Quando acordou o empréstimo do zagueiro, em janeiro, o Corinthians garantiu a preferência de compra do atleta por um valor pré-estipulado de 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 11,2 milhões). Porém, nada impede que um acerto seja firmado por valor inferior. Desta forma, os franceses terão de comunicar ao Corinthians se receberem qualquer oferta por Pablo na janela de transferências do meio do ano. Há duas outras negociações que podem afetar diretamente a permanência do zagueiro. A principal delas é uma eventual venda do atacante Malcom. O Timão manteve 15% dos direitos do garoto, vendido no ano passado para o Bordeaux, e pode usar essa possível receita para abater da compra de Pablo. A outra tratativa que pode ajudar a segurar o defensor é menos provável: a venda de Guilherme Arana ao clube francês. O Bordeaux demonstrou interesse no lateral-esquerdo, mas o Timão já avisou que não vai vendê-lo antes de dezembro. A possibilidade de o garoto ser negociado agora, mas se transferir apenas em 2018, é vista como remota pelo clube e pelos empresários do atleta. Pablo chegou ao Corinthians no início da temporada e rapidamente assumiu a vaga de titular ao lado de Balbuena. O zagueiro se destacou com ótimas atuações e se transformou em uma das referências da equipe na campanha do título paulista.
 
Nenhum comentário até o momento, seja o primeiro a comentar!
Dê sua opinião

 

 

 

 
 
 
Copyright © 2011 Rádio Osvaldo Cruz - Todos os direitos reservados