Notícias / Educação

Escola Osvaldo Martins terá aula em período integral a partir do ano que vem

Escolas que migram para novo formato de ensino são de Lucélia, Osvaldo Cruz e Dracena.

Siga Mais

As escolas estaduais José Firpo (de Lucélia), Osvaldo Martins (de Osvaldo Cruz) e Alfredo Machado e Isac Pereira Garcez (de Dracena), jurisdicionadas à Diretoria Regional de Ensino de Adamantina, estão entre as 400 escolas estaduais que passarão a fazer parte do Programa de Ensino Integral (PEI) a partir do ano que vem. O anúncio sobre as novas escolas que migrarão para esse formato de ensino foi feito nesta quinta-feira (5) pelo governador João Doria e o secretário estadual da educação, Rossieli Soares. As novas escolas manifestaram interesse em aderir ao programa e obedecem aos critérios estabelecidos pela Secretaria da Educação, como ter mais de 12 salas de aulas e atender a uma comunidade com maior vulnerabilidade socioeconômica. “A política de ensino em tempo integral é prioridade para o nosso governo. A nossa meta de mil escolas para 2023 já foi alcançada com a adesão destas 400 novas unidades”, destaca Rossieli Soares. As novas 400 PEIs já estarão em funcionamento no próximo ano letivo de 2021. Elas vão ofertar 254 mil novas vagas para alunos dos anos finais do ensino fundamental e ensino médio. No total, as 1.064 escolas do programa terão 542 mil vagas em todo o estado de São Paulo, o que corresponde a 15% da rede. Em 2019, fazia parte do programa 4% da rede, com 135 mil alunos. O PEI abrange agora quatro vezes mais estudantes desde 2019. O programa contempla 48% dos municípios do estado. Com esta expansão, mais 82 cidades terão PEIs.
 
Nenhum comentário até o momento, seja o primeiro a comentar!
Dê sua opinião

 

 

 

 
 
 
Copyright © 2011 Rádio Osvaldo Cruz - Todos os direitos reservados